/Herbário de Portas Abertas: IMA convida população para conhecer acervo florístico

Herbário de Portas Abertas: IMA convida população para conhecer acervo florístico

Visitas podem ser agendadas para terça a quinta-feira com inscrição online

por Ascom IMA

Acervo botânico conta com mais de 65 mil plantas catalogadas – Foto: Ascom IMA

O Herbário MAC, do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA), convida a população para conhecer a biodiversidade florística alagoana e os trabalhos desenvolvidos no centro de pesquisa. Por meio do projeto Herbário de Portas Abertas, grupos da comunidade civil, estudantes da rede básica de ensino e de universidades podem se inscrever e agendar uma visita guiada.

Os interessados podem fazer a solicitação online por meio do link: https://encurtador.com.br/bgB67. No formulário é preciso se atentar às especificações e por lá também é possível optar por agendar uma visitação ou uma palestra com os botânicos do Instituto.

Vale destacar que as turmas inscritas devem ter no mínimo 5 pessoas e no máximo 35. Além do mais, é necessário fazer a reserva com 15 dias de antecedência e a confirmação é feita pelo próprio Herbário, que entrará em contato com o responsável pela inscrição pelo e-mail fornecido.

As visitas podem ser às terças, quartas e quintas-feiras pela manhã. No entanto, caso a turma interessada não possa em algum desses dias, o responsável pode entrar em contato direto com o setor pelo e-mail do Herbário: [email protected].

“Durante a visita mostramos todo o Herbário, falamos sobre as coleções biológicas e o acervo botânico”, explica Maria Helena Nascimento, Consultora Ambiental do Herbário MAC. Além disso, os visitantes também podem conhecer o acervo botânico que conta com mais de 65 mil plantas catalogadas.

Já as palestras podem abordar a flora de Alagoas, técnicas de Herbário e o funcionamento desse espaço e os trabalhos feitos por um taxonomista. Basta o interessado acessar o formulário online e sinalizar a palestra escolhida ou mesmo entrar em contato com o setor.