/Ponte mira mais quatro contratações para completar elenco do Brasileirão

Ponte mira mais quatro contratações para completar elenco do Brasileirão

A 20 dias da estreia no Campeonato Brasileiro, a diretoria da Ponte Preta visa acelerar o processo de contratações para deixar completo o elenco à disposição de Eduardo Baptista. De acordo com o planejamento, mais quatro jogadores devem fechar com a Macaca neste período, isso porque a meta é acertar com oito reforços para a sequência da temporada. Quatro deles já estão no clube: o lateral Diogo Mateus, o zagueiro Kadu, o volante Renê Júnior e o atacante Roger

A diretoria da Macaca evita falar em nomes para que não chame a atenção de concorrentes. Foi isso, aliás, que travou a negociação com o meia Renato Cajá. O Santa Cruz entrou forte na disputa e surge como o favorito para levar o então candidato a camisa 10 da Ponte para o Brasileirão. O meia Camacho, que tem se destacado pelo Audax, finalista do Paulistão após eliminar o Corinthians, aparece como cotado para reforçar o grupo pontepretano.
Para o ataque, a opção é por Willian Pottker, que pertence ao Figueirense e se destacou pelo Linense no Paulistão ao marcar sete gols. O Botafogo também demonstrou interesse em contar com o jogador para o Brasileirão. A diretoria pontepretana, porém, confia que será possível ficar com o atleta por ter bom relacionamento com a empresa que gerencia a carreira dele. A decisão deve sair somente nos próximos dias.

Neste lista dos quatro jogadores que ainda restam para completar o elenco aparece um zagueiro. O nome da vez para o setor é do zagueiro Renato Chaves, atualmente no Fluminense. Ao fim da temporada passada, o defensor deixou a Macaca rumo ao clube carioca, porém, a equipe de Campinas procurou o Tricolor para que o atleta retorne. Isso facilitaria a quitação do valor ainda devido referente a transferência.

As definições de todos esses assuntos devem ocorrer no máximo em dez dias, restando o mesmo número de dias para que Baptista ajuste o elenco com treinos até o primeiro confronto no Brasileirão.

Fonte: globoesporte