/Diretor da TV Ponta Verde recebe comenda em sessão que enalteceu trabalho da Comunicação na defesa da democracia

Diretor da TV Ponta Verde recebe comenda em sessão que enalteceu trabalho da Comunicação na defesa da democracia

por Comunicação/ALE — publicado 03/06/2024 13h09, última modificação 03/06/2024 13h09

O diretor da TV Ponta Verde, Sandro Krechowiek, recebeu na manhã desta segunda-feira, 3, a comenda Audálio Dantas. A outorga, que contou com a presença de secretários e muitos nomes da Comunicação, foi uma iniciativa da deputada Rose Davino (PP), aprovada por unanimidade pelos parlamentares. A sessão especial foi conduzida pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor (MDB).

“A condecoração da comenda Audálio Dantas ao senhor Krechowiek é uma honraria criada pela Resolução nº 592, de 18 de março de 2019, pelo então deputado estadual Davi Davino Filho, e é destinada a homenagear personalidades que tenham se destacado nos diversos segmentos da Comunicação”, disse o presidente do Legislativo, ao início da sessão. “Com isso, parabenizamos todos os profissionais da imprensa alagoana pelo o excelente e essencial trabalho que fazem”, prosseguiu Marcelo Victor.

Propositora da homenagem, a deputada Rose Davino afirmou estar emocionada com a entrega da honraria e reforçou que o dia também reconhece os 30 anos do programa Plantão Alagoas, “um instrumento de relevantes serviços prestados à população. Na qualidade de informativo, prestação de serviços, tribuna acolhedora e difusora das necessidades do povo”. A deputada, que narrou o histórico não só da TV Ponta Verde (em 30 de janeiro de 1982 como TV Alagoas), mas também da comunicação televisiva alagoana.

“Graduado em administração, pós-graduado em programa, propaganda em marketing, MBA em gestão de marketing e comunicação, Sandro exerceu inúmeros cargos na história da gestão, empresas de TV”, elencou a deputada, ressaltando que quando ele assumiu como executivo da TV Ponta Verde em Alagoas, o profissional do Rio Grande do Sul instituiu mudanças importantes na programação televisiva local.

Homenageado

Agraciado com a outorga, Sandro Krechowiek afirmou estar honrado com a comenda e agradeceu a presença de todos no plenário. “É realmente uma sensação de muita alegria receber uma homenagem de tamanha importância e dimensão”, disse o diretor da TV Ponta Verde, que enalteceu a Assembleia Legislativa pela instituição da comenda Audálio Dantas. “Uma premiação que também é alusiva aos 30 anos do Plantão Alagoas, celebrados neste mês de maio, Então é uma ‘casadinha’, digamos assim”, prosseguiu ele, grato pela oportunidade de ser prestigiado.

“Temos uma responsabilidade muito grande no editorial do Plantão Alagoas, nessa missão de prestar serviço para as pessoas”, prosseguiu o diretor. “Esse é o principal DNA do Plantão Alagoas, ser um resolvedor de problemas para a comunidade. E querendo ou não, é uma grande referência da TV aberta, no ar de segunda a sexta, no canal 5.1, prestando esse serviço para as comunidades”, finalizou ele, renovando os agradecimentos ao presidente Marcelo Victor, à propositora deputada Rose Davino e aos demais presentes.

“Reforço o meu compromisso e o compromisso da emissora com o Estado de Alagoas, a credibilidade da TV aberta, das mídias tradicionais e mídias digitais, a curadoria da televisão, que é vital para uma comunicação crédula, combatendo as fake news”, prosseguiu ele, prometendo ser um agente de transformação na sociedade alagoana e destacando os mais de 233 mil telespectadores que passam por minuto, todos os dias, na tela do Plantão Alagoas. Sandro encerrou com o slogan do canal: “Nós somos Alagoas, somos você”.

Na oportunidade, Júlia Oliveira, gerente de jornalismo da TV Ponta Verde, fez a leitura de um resumo escrito pelo próprio Sandro Krechowiek, dos 42 anos da TV Ponta Verde. “Tornou-se um referencial da comunicação em Alagoas por ter em seu DNA o compromisso com o povo. Tem na sua grade de programação, polícia, política, prestação de serviços, comunidades, entretenimento, saúde, beleza, moda, bem-estar e esportes. É uma emissora completa e atende aos mais variados tipos de público, sem perder a essência popular”, diss ela, sobre a integrante do Sistema Opinião de Comunicação, afiliada do SBT.

O jornalista Enio Lins parabenizou Rose Davino e o Parlamento pela outorga. “Krechowiek merece, sim, todas as homenagens, por vir a Alagoas e trabalhar, tão competentemente, no ramo essencial, que é a comunicação”, afirmou o ex-secretário de Cultura de Maceió, secretário de Cultura de Alagoas, secretário de Comunicação de Alagoas, e que também foi presidente do ITEAL (Rádio e TV Educativas). “Sandro, você faz jus a esse reconhecimento, por sua dedicação e alagoanidade.. Você venceu toda as dificuldades e soube manter no Canal 5 o traço popular”, finalizou ele, afirmando que o veio popular não tem encontrado muito espaço nas TVs de Alagoas.

O secretário de Estado de Comunicação, jornalista Joaldo Cavalcante, ressaltou a felicidade da realização do evento ser tão próxima de 1° de junho, o Dia da Imprensa Brasileira, celebrado no último sábado. “Também pelo que representa o jornalismo em se contrapor a essa praga que se chama fake news, um recorte de contextos da realidade, com muita gente se prestando a espalhar, disseminar o ódio, a intolerância, a incapacidade de se conviver na divergência”, criticou Cavalcante, sobre o grande mal que o bom jornalismo hoje precisa combater. O secretário ainda adiantou que estará em Brasília, ao lado de outros secretários de Comunicação, para se reunir com o Governo Federal e discutir medidas contra as fake news.

“É por sua pluralidade e capacidade de conviver nas diferenças que o Sandro dá um exemplo, saindo de um Estado completamente diferente e se posicionando como executivo de uma empresa que tem uma relação muito próxima com a sociedade, com os diversos segmentos, em função do seu produto, demonstrando que as diferenças nos unem”, concluiu Joaldo Cavalcante, afirmando estar feliz com a outorga da comenda Audálio Dantas, um “marco histórico nesta Casa, que reafirma o processo democrático, a pluralidade, a capacidade de conviver”, concluiu Joaldo Cavalcante, que também elogiou o presidente Marcelo Victor pelos avanços conquistados pela Comunicação da Assembleia Legislativa.

Ao final da sessão, o presidente agradeceu as palavras de Cavalcante, retribuindo a gentileza s então tecendo comentários sobre fake news, para ele um “apelido carinhoso para a mentira manipuladora, com o objetivo claro de corroer os pilares do Estado Democrático de Direito e de tomar o poder”. Marcelo Victor, dirigindo-se ao presidente do Sindicato dos Jornalistas, Alexandre Lino, parabenizou a imprensa por seu papel vital na defesa da democracia. “Não há democracia sem imprensa livre”, continuou o presidente, elogiando o trabalho dos jornalistas contra movimentos golpistas.

Completaram a mesa de honra o deputado Ricardo Nezinho (MDB) e a deputada Carla Dantas (MDB). Compareceram à sessão o deputado Silvio Camelo (PV); o delegado Robervaldo Davino; Juliana Almeida, presidente da Funbrasil; Milton Pradines, representando a Braskem; e Alexandre Lino, presidente do Sindicado dos Jornalistas de Alagoas.