Unidades de Emergência da Rede Estadual de Saúde atendem mais de 900 pacientes no Feriadão de São João
Dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (25) pela Secretaria de Estado da Saúde, a quem elas são vinculadas

Durante os três dias do Feriadão de São João, profissionais do HEA e do HGE estiveram de prontidão para assistir usuários que necessitaram de atendimento de urgência e emergência

Carla Cleto – Ascom Sesau

Tony Medeiros e Thallysson Alves / Ascom HEA e HGE

Durante o Feriadão de São João, as duas unidades de emergência alagoanas atenderam 926 pacientes. Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (25) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). No Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, 370 pacientes foram assistidos entre o sábado (22) e a segunda-feira (24). A unidade é responsável pelo atendimento de pacientes residentes nos 56 municípios que integram a I Macrorregião de Saúde, formada pela capital alagoana, Litorais Norte e Sul, Zona da Mata e Vale do Paraíba.

Do total de atendimentos realizados pelo HGE no Feriadão de São João, 255 foram casos clínicos. A unidade também assistiu 100 vítimas de acidentes, sendo 50 casuais, quatro de trabalho e 46 de trânsito, dos quais 24 foram de moto, 19 colisões, dois de bicicleta e um atropelamento.

O HGE atendeu, ainda, 10 pessoas que sofreram agressões, sendo cinco corporal, quatro por arma branca e uma por arma de fogo. Três pessoas que atentaram contra a própria vida também foram atendidas no período e duas outras que sofreram queimaduras.

A maior unidade hospitalar do Estado também realizou 12 transferências e 105 internações. Nos três dias do Feriadão de São João, 19 cirurgias foram realizadas e 86 altas médicas foram concedidas, conforme os dados divulgados pela Sesau nesta terça-feira (25).

Já no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, 556 pessoas foram assistidas entre o sábado (22) e a segunda-feira (24). O equipamento atende pacientes dos 46 municípios que integram a II Macrorregião de Saúde, formada pelo Agreste, Sertão e Baixo São Francisco.

A maior quantidade de casos foi relacionada a acidentes de trânsito, com 143 registros. Foram cinco vítimas de quedas de bicicleta, quatro de acidentes de carro, seis por atropelamento, 23 por colisão e 105 vítimas de acidentes de motocicletas. Também foram acolhidas 10 vítimas de agressão corporal e seis de agressão por arma branca. Outras 35 pessoas deram entrada no HEA por corpo estranho no olho, na garganta, no ouvido ou ainda na narina.

O HEA registrou, ainda, 16 casos de picada de escorpião e nove por mordida de cachorro, além de 107 casos relacionados à queda da própria altura e 36 de queda de altura. Ainda no Feriadão de São João, foram atendidas sete pessoas por queimaduras e 15 procedimentos cirúrgicos foram realizados.

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, os dados comprovam que, em todos os momentos, seja nos dias úteis, fins de semana ou feriados, as duas maiores emergências públicas alagoanas estão de prontidão para acolher a população.

“Realidade que não foi diferente neste Feriadão de São João, uma vez que, enquanto as famílias se confraternizavam nos tradicionais festejos juninos, os nossos heróis da saúde atuavam para minimizar a dor dos usuários que procuraram o HGE ou HEA, salvando centenas de vidas”, salientou o gestor da Sesau.