/Sementes vindas da Ásia contêm praga inexistente no Brasil

Sementes vindas da Ásia contêm praga inexistente no Brasil

Redação A Hora News

Legenda: Quem receber sementes entre suas encomendas do exterior deve enviar o material até uma unidade do Ministério da Agricultura | Foto: Estefânia Zuccari

Brasileiros de várias regiões do país receberam entre suas encomendas do exterior pacotes contendo sementes “misteriosas”.

O Ministério da Agricultura analisou 36 amostras desses pacotes e conseguiu identificar a presença de uma praga não existente no país.

As análises foram realizadas pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária, em Goiás, e foi identificado que em 47% há risco fitossanitário ao país.

A praga identificada é da espécie Myosoton aquaticum, com potencial para ser considerada quarentenária, ou seja, com risco de estabelecimento no País e de causar danos fitossanitários.

Segundo a análise, esse tipo de praga apresenta resistência a herbicidas, o que torna seu controle difícil. Os impactos econômicos dessa planta daninha no país seriam muito negativos.

Outra praga inexistente no país que foi identificada em quatro amostras de sementes se chama Descurainia sophia, uma planta daninha nos EUA e Canadá, que é planta invasora no México, Japão, Coreia, Chile e Austrália. A Myosoton aquaticum é considerada daninha nos campos de trigo da China.

Outras 15 amostras analisadas continham gêneros que têm espécies quarentenárias ou espécies com potencial quarentenário, como sementes de Cuscuta; de Brassica; de Chenopodium; de Amaranthus; e dos fungos Cladosporium; Alternaria; Fusarium; e Bipolaris.

Diante dos riscos, o Ministério da Agricultura mantém o alerta aos cidadãos brasileiros para que tenham cuidado e não abram encomendas recebidas pelos correios de pacotes de sementes não solicitadas.

Se receber sementes entre suas encomendas, o material deve ser entregue a uma das unidades do Ministério da Agricultura de seu Estado.