/Cantora gospel envia recado para feministas: “Eu escolhi ser mãe”

Cantora gospel envia recado para feministas: “Eu escolhi ser mãe”

Redação A Hora News

A cantora Arianne publicou um vídeo em seu canal no Youtube fazendo comentários sobre a maternidade e mostrando às feministas que ela fez a escolha de ter um família e cuidar dos seus filhos.

A cantora diz que ouvir dizer que a maternidade é uma distração, que desvia as mulheres dos objetivos de conquistar a igualdade profissional entre os gêneros. Esse tipo de frase é difundido por várias autoras de todas as “ondas” do feminismo.

Arianne não cita, mas escritoras como Simone de Beauvoir chegou a dizer que as mulheres não deveriam ter o direito de escolher entre ficar em casa e cuidar dos filhos ou trabalhar fora, pois muitas escolheriam a primeira opção.

A cantora gospel tem muito sucesso em seu ministério, mesmo assim colocou a criação dos seus filhos em primeiro lugar e é sobre isso que o vídeo fala. Ao contrário do que dizem as feministas, de que a maternidade escraviza a mulher, Arianne tem a imagem da mãe como uma pessoa “extremamente poderosa”.

“Aos homens, a mãe exerce uma imagem quase mitológica. Ser mãe é totalmente compatível com aprimoramento próprio, engrandecimento intelectual, moral e espiritual”, diz Arianne que é mãe de dois meninos.

Ela entende que a auto-entrega da mãe para com seus filhos deveria nos encher de orgulho, a menos que estejamos em uma sociedade que não enxerga o altruísmo e sacrifício como virtudes.

“A mulher e o homem equiparam-se quando, juntos, buscam elevar a si mesmos e sua descendência. Feminismo, portanto, é a liberdade da mulher ser o que quiser. Eu escolhi ser mãe”, completou.

Assista: