/“A esquerda está travando uma ‘guerra’ contra a polícia, a fé, a história e os valores”, diz Trump

“A esquerda está travando uma ‘guerra’ contra a polícia, a fé, a história e os valores”, diz Trump

Redação A Hora News

Legenda: Democratas estão se levantando contra os valores cristãos nos EUA | Pexels

A esquerda está travando uma “guerra” contra a polícia, a fé, a história e os valores americanos e está “separando nosso país”, disse Donald Trump.

Em entrevista coletiva esta semana, o presidente dos Estados Unidos pediu a restauração da “educação patriótica” que apresenta a América como uma “nação excepcional, livre e justa, que vale a pena defender, preservar e proteger”.

“Muitos jovens americanos foram alimentados com mentiras sobre a América ser uma nação perversa atormentada pelo racismo”, disse ele.

“De fato, [o candidato democrata à presidência] Joe Biden e seu partido passaram toda a convenção espalhando essa mensagem odiosa e destrutiva enquanto se recusavam a dizer uma palavra sobre a violência.”

Ele continuou: “A guerra da esquerda contra a polícia, a fé, a história e os valores americanos está dilacerando nosso país, que é o que eles querem.

O único caminho para a unidade é reconstruir uma identidade nacional compartilhada focada em valores e virtudes americanas comuns, que temos em abundância.

“Isso inclui restaurar a educação patriótica nas escolas de nosso país, onde estão tentando mudar tudo o que aprendemos”.

Trump está buscando a reeleição em novembro, quando ele vai enfrentar Biden.

O apoiador leal de Trump, o pastor Franklin Graham, descreveu os democratas como sendo “socialistas” e “opostos à fé”.

Ele disse que Trump estava defendendo a “civilização ocidental como a conhecemos” e que se os democratas entrarem na Casa Branca, isso levará ao fechamento de igrejas e a um aumento do “ódio” contra as pessoas de fé.

“Estou apenas pedindo a Deus que poupe este país por mais quatro anos para nos dar um pouco mais de tempo para fazer o trabalho antes que a tempestade comece, e acredito que a tempestade está chegando e você verá cristãos atacados, você verá igrejas fechadas, você verá um ódio real expresso contra as pessoas de fé. Isso está chegando”, disse ele ao CBN News.

As informações são do Christian Today.